Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Não há nada como o 1º amor

  

   Depois dos príncipes encantados, nada melhor do que uma bonita história de amor.

   Dois alemães apaixonados fugiram de casa no dia de Ano Novo, rumo a África, para se casarem. Pormenor: os fugitivos têm 6 e 7 anos de idade.

   Tudo começou na véspera de Ano Novo quando uma das crianças contou como foram as suas férias em Itália. A partir daí surgiu a ideia de fugirem para África, onde faz calor, para se casarem, não sem antes levarem uma testemunha consigo, de 5 anos. Nada foi esquecido, desde roupa de praia, a óculos de sol e comida e lá foram eles na manhã de Ano Novo, rumo à estação de Hannover, onde pretendiam apanhar um comboio até ao aeroporto. Daqui não passaram e ainda ganharam uma visita guiada à esquadra da polícia, onde os seus pais as foram buscar.

   Não é lindo o amor? 6 anos e já tão apaixonados, em busca da felicidade no sol do solo africano, ainda que não saibam muito bem onde isso fica.