Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Hala Madrid

   Sempre quis viajar na altura do Natal para uma grande cidade. Eu gosto do Natal na rua e gosto de grandes cidades, por isso viajar nesta época é perfeito para mim e até o frio sabe bem. Madrid foi a nossa escolha para uma escapadinha natalícia de 3 dias. Nunca lá tinhamos ido e era sem dúvida uma cidade que queriamos muito conhecer. Levava expectativas elevadas, não estivessemos nós a viajar para a 3ª maior cidade da Europa, mas devo dizer que ao fim de umas horitas na cidade essas expectativas estavam mais que superadas!!! Acho que desde o momento em que saí da estação do metro em pleno coração da cidade que percebi que nada me iria desiludir. 

   Como o objectivo era conhecer o máximo da cidade em 3 dias, optamos por um hotel bem central e a sugestão da nossa agência de viagens foi perfeita! Hotel Regina, um hotel pequenino, sem luxos mas com uma certa classe, localizado numa zona tão central que só precisamos de andar de metro para duas visitas fora da cidade (a praça de touros e o Santiago Barnabeu). Era sair do hotel e escolher se queriamos ir para a esquerda -  menos de 5 min das Puertas del Sol - ou para a direita - menos de 5 minutos da Praça Cibelles. Quem conhece Madrid sabe que a partir daqui chegamos a todo o lado. 

Hotel (4).JPG

 

  De facto, a melhor forma de absorvermos o melhor de uma cidade é caminhando e foi assim que conhecemos Madrid. Foi cansativo, foi, muito (fizemos cerca de 70 km a pé em 3 dias), mas valeu cada metro palmilhado!

   De forma a não perdermos tempo e nos desorganizarmos, programamos a nossa viagem antes de levantarmos voo. Guia turístico na mão, mapa e principais locais a visitar definidos. Como o caminho se faz caminhando, deixamo-nos levar pelas ruas de Madrid e a caminho de cada local a visitar conheciamos outros tantos, muitos dos quais não constam nos guias mas fazem parte da verdadeira Madrid. 

   Afinal, o que vimos? Tanto, mas tanto, que não dá para descrever. E tanto, mas tanto, que de certeza ficou por conhecer. Mas os imperdíveis estiveram presentes: 

Catedral de Almudena

Catedral de Almudena (1).JPG

Catedral de Almudena (2).JPG

Plaza Mayor

Plaza Mayor (4).JPG

Plaza Mayor (13).JPG

Plaza Mayor noite (4).JPG

Plaza Mayor (14).JPG

 

Palácio Real

Palácio Real (28).JPG

Palácio Real (5).JPG

Palácio Real (17).JPG

 

Puertas del Sol

Puerta del Sol (5).JPG

Puerta del Sol (14).JPG

Purta del sol noite (2).JPG

Km 0 (2).JPG

Plaza Cibelles

Plaza Cibelles (2).JPG

Plaza Cibelles noite (1).JPG

Puerta de Alcala

Puerta de Alcala (5).JPG

Parque del Retiro

Parque del Retiro (5).JPG

 

Parque del Retiro (14).JPG

 

Parque del Retiro (21).JPG

 

Parque del Retiro (37).JPG

 

Parque del Retiro (50).JPG

 

Museu do Prado e Museu da Reina Sofia

Museu do Prado (4).JPG

Museu Reina Sofia (2).JPG

Praça de Touros de Las Ventas

Plaza de Touros Las Ventas (32).JPG

 

Plaza de touros Las Ventasw (1).JPG

 

Plaza de touros Las Ventasw (3).JPG

 

Estádio Santiago Barnabeu

Santiago Barnabeu (10).JPG

 

Santiago Barnabeu (51).JPG

 

Santiago Barnabeu (60).JPG

 

Santiago Barnabeu (67).JPG

 

Santiago Barnabeu (72).JPG

 

Gran Via

Gran Via (2).JPG

Gran Via (5).JPG

Gran Via (8).JPG

Gran Via (9).JPG

Gran Via.JPG

 

Museo de Cera

Museu Cera (1).JPG

Museu Cera (49).JPG

 

 

   E outros tantos locais especiais e lindos guardados nas mais de 500 fotografias que tirei!

   Conclusão rápida e simples: fiquei absolutamente rendida a Madrid! 

   Eu sou claramente uma rapariga de cidades, quanto mais confusão, quanta mais agitação, quanta mais gente melhor. Madrid tem tudo isto, com uma dose de imponência, arquitectura e história que nos deixam arrebatados. Madrid não cabe nas fotografias! Madrid faz doer o pescoço de tanto que temos de olhar para cima para abranger toda a magnitude dos edifícios. Madrid tem milhares de pessoas nas ruas, Madrid tem luz, tem agitação, tem barulho, tem tanta vida que não há forma de não nos sentirmos felizes e completos por lá. 

   Vou voltar, de certeza que vou voltar!

 

   Deixo uma dica: se querem conhecer Madrid de forma mais económica e sem filas, comprem anter o Madrid Card, uma espécie de passe válido pelos dias que escolhermos que nos permite entrar em tudo que é museus, monumentos e outras coisas tais sem comprar bilhetes ou esperar em filas. E quando digo tudo, é mesmo tudo. Não ocmprei um único bilhete para visitar fosse o que fosse e deixei dezenas de espaços incluidos no cartão por visitar por não termos tempo. 

 

 

 

 

 

 

 

 

TV Off CR out

   Acabaram de interromper a emissão. Não para notícia de última hora. Não morreu ninguém, nada de grave aconteceu. É mesmo o "menino de ouro" que vai ser apresentado em Madrid. Parece que é um acontecimento mundial, prestes a bater uma data de recordes. Pelo menos o recorde do absurdo já bateu. Ele é o CR a subir as escadas do avião (PARTICULAR!!!); CR a entrar no avião (PARTICULAR); o CR a sair do avião (PARTICULAR); a entrar no carrito (DE LUXO - não vi, mas desconfio); CR a sair do dito carrinho; CR a chegar ao estádio; CR a fazer os exames médicos; CR a assinar o contrato; CR a cumprimentar Eusébio (e por sinal os 2 escolheram um fatito bem parecido); CR a sorrir; CR a mostrar o ouro...uma barrigada de CR, uma barrigada de D&G e Gucci`s mal combinados. Parece que existem até sites que actualizam cada passo do rapazito em tempo real...E que seres humanos "montaram a tenda" à porta do estádio desde horas insultuosas da madrugada só para verem o rapaz!

   Depois do vende - não vende da PT, das guerras entre Sócrates e TVI, dos dedinhos marotos do ex-ministro e da morte mistério de Michael Jackson, eis que temos o CR em terras espanholas e com direito a 500h de tempo de antena...só no dia de hoje. Por isso, um conselho: não carreguem no botãozinho que diz "ON" da vossa televisão, ou correm o risco de ouvir uma repetição interminável de palavras, que gira em torno de Cristiano, Ronaldo, Cristiano Ronaldo, milhões, milhões, milhões...Ah! E cunhado de Cristiano (o Sr. que me desculpe a omissão / esquecimento do seu ilustre nome). E as malucas das espanholas com o corpo tatuado de cristianos ronaldos, histéricas, gritando o nome do ser junto com a palavra guapissimo e o desejo de o encontrarem na badalada noite madrilena.

   Ora eu, que não percebo nada de futebol e não acho piadinha nenhuma ao CR e condeno totalmente, absolutamente, os absurdos milhões que gastam com ele e com tudo o que o rodeia, enquanto o mundo vai morrendo aos poucos, pergunto, inocentemente mesmo: ERA PRECISO ISTO TUDO MEU POVO?