Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Das manifs de 19 de Outubro

  

 Deixai-me só partilhar uma minhoquinha que me faz confusão nestas coisas das manifestações: quem é que paga aqueles autocarros todos (e o combustível) que atravessaram a ponte 25 de Abril e mais os outros que trouxeram os "protestantes" para o Porto, das mais diversas cidades do Norte?

   É que a mim, que nunca me envolvi nestas coisas nem nunca me interessei perceber a logística de tudo isto, faz-me um bocadinho de confusão (um bocadinho grande, vá!) assistir a um prostesto motivado por uma crise financeira que se faz "a bordo" de centenas de autocarros que não se deslocam a luz solar...parece-me assim coisa de, vá, protesto dos tempos modernos, mas à rico...não sei...caiu-me mal. Não sei se por ignorância minha, se por falta de actualização quanto às novas formas de se protestar...

   Quanto ao protesto em si, manifeste-se quem puder e quem quiser. Afinal é para isso que serve a democracia. Só não se esqueçam de não apontar o dedo a quem tem outras formas de expressão ou de ver as coisas...