Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Finalmente...

 

   A decisão está tomada. 

   Simpatizo com o senhor, é certo (não sei muito bem porquê), mas a minha completa aversão à política faz-me evitar um alargado discurso acerca das mudanças que esta escolha poderá trazer. Para já, foi uma vitória histórica numa América tradicionalista e demasiado agarrada aos usos e costumes. Daqui para a frente veremos quanta mais história Obama irá escrever, numa tarefa que não é, de todo, nada fácil.

   Aguardam-se ventos de mudança.

 

O título deste post refere-se apenas ao termino de uma campanha interminável que nos enchia os telejornais, jornais, revistas e afins e nos vencia pela exaustão. Entre a crise mundial e as eleições presidencias americanas (com espaço para as novelas da TVI) a minha opção é...Turn off the tv.