Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Férias à medida

  A hora de jantar foi acompanhada por uma reportagem televisiva que intencionava mostrar formas de gozar as férias de Verão...à medida de cada um. De um lado, uma família alargada portuguesa que há já nove anos goza os seus dias de sol e piscina num parque de campismo do sul de Portugal. Do outro, uma família inglesa, em que ela é médica, o filho é fã de Cristiano Ronaldo e ele prefere não revelar asua profissão, assegurando que está ligado a uma grande empresa que lhe permite passar a vida a viajar pelo mundo fora e, ainda assim, gozar 7 semanas de férias por ano (!!!). A família portuguesa passa os seus dias entre uma tenda e outra com visitas regulares à piscina para as crianças brincarem, sem nunca descuidar os horários e elaboração das refeições, o que faz com que estes dias tenham muito pouco de férias. A família inglesa passa os seus dias entre o resort de luxoem que estão instalados e passeios de iate, privado pela "piquena" quantia de 2000euros...meio dia! Isto a juntar ao tal resort de requintes em que um simples jantar atinge o minino de 250 euros por pessoa.

   As duas famílias dizem que o mais importante é a família e o tempo passado em família. As duas famílias têm pais e filhos. As duas famílias têm crianças. Essas crianças vivem em mundo opostos, no entanto, todos são felizes. Há sol, há praia ou piscina, não há escola, estão de férias e, para eles, isso basta para serem felizes, mantendo-se indeferentes ao mundo dos pais, aos sentimentos dos pais. A família portuguesa não estará a ter as suas férias de sonho muito provavelmente, ainda assim, as palavras da mãe são as mais certas e sinceras: "Não são as minhas férias de sonho, mas são as deles (filhos) e isso basta-me". Há coisas que o dinheiro nunca há-de comprar.