Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Ir: SAIDIA, Marrocos

IMG_5076.JPG

   Viajar é das coisas que mais prazer me dá. Sou adepta do "sapatilhas nos pés, mochila às costas e máquina fotográfica na mão" e siga descobrir mais um lugar, mas uma vez por ano, no Verão, gosto de me estender de papo para o ar em algum lugar onde haja sol, praia, calor e piscina garantidos, para uma semana de fazer absolutamente nenhum.

   Na altura de escolher o destino procuro sempre locais novos, com uma boa relação qualidade-preço e sem ter de me enfiar horas e horas num avião. Este ano não foi excepção. Ia com uma ou outra ideia na altura de escolher o destino, Marrocos era uma delas. Estudadas as opções e analisados valores e tempos de viagem acho que automaticamente pensei "seja Marrocos"!

   Apesar de eu ser uma apreciadora da cultura árabe (já estive 2 vezes na Tunísia e adorei aquilo tudo!) sabia à partida que em Saidia não ia encontrar Marrocos puro (esse que quero conhecer em breve com uma visita a Marraquexe). Saidia é praia e nada mais. Localizada no norte de Marrocos, a 1h35 de viagem do Porto e bem no Mar Mediterrâneo, Saidia é a nova aposta para o turismo de Verão de Marrocos.

IMG_4940.JPG

Pessoalmente, não me desiludiu.

   A praia, localizada nas portas dos hóteis é bastante boa, com um longo areal e um mar que sendo o Mediterrâneo, o que só por si já é garantia de maravilha, tem uma temperatura muito, muito boa, das melhores que já encontrei até hoje (melhor que Cabo Verde ou que o de Palma de Maiorca, que para mim é uma espécie de "mar dos meus sonhos". Julgo que só na Bulgária entrei num mar mais quentinho!). As temperaturas rondaram sempre os 30 graus, tendo estado acima disso nos últimos 2/3 dias, com noites bem agradáveis também. Apesar de serem temperaturas quentes, junto ao mar são completamente toleráveis e como a temperatura da água é tão agradável, é fácil não sairmos da água!

IMG_4531.JPG

   Quanto ao alojamento as opções não são muitas, mas todos os hóteis funcionam em regime de tudo incluído. Optei pelo Be Live Collection Saidia, e não me arrependo. Um hotel grande, perfeitamente enquadrado com a paisagem africana de marrocos, com muito espaço exterior e grandes piscinas, com acesso direto à praia. Os quartos eram bem grandes e todos os espaços do hotel eram bastante simpáticos. Não foi o melhor hotel onde já estive, é certo. Mas vamos lá ver uma coisa, aquilo é Marrocos, África, destino relativamente recente, não podemos colocar todos os destinos no mesmo patamar de qualidade. É certo que o último hotel TI em que estive, o Riu Palace na Ilha do Sal em Outubro do ano passado era bastante superior a este em tudo, mas não paguei o mesmo valor lá que paguei em Marrocos, nem de longe, de maneira que na tal relação qualidade-preço, este hotel (e este destino) não deixa nada a desejar. Um TI no Algarve fica bem mais caro que este, sem contar com viagens e portagens e não é em nada superior a este hotel onde fiquei. 

IMG_4936.jpg

    Para mim, o único ponto menos positivo neste hotel é a alimentação. É certo que eu não sou a pessoal ideal para avaliar o tipo de alimentação dos hotéis; tenho noção das minhas escolhas alimentares e de que isso limita muito a minha satisfação com os alimentos existentes. Mas de facto, para mim, este foi o aspeto que menos me agradou. O pequeno-almoço, especialmente, que para mim é a melhor refeição do dia e que nos hóteis é a melhor parte, neste hotel era um pouco limitado (passei 7 dias a ovos mexidos e pão torrado). Nas refeições principais faltava-lhe mais peixe e mais opções grelhadas, para além de que tudo era ligeiramente condimentado, nao propriamente salgado ou picante, mas condimentado, não estivessemos nós em Marrocos! De maneira que me vingava nas saladas (aqui sim várias opções) e juntava-lhe sempre a carne ou peixe mais básicos que encontrasse. Mesmo assim não me livrei que o meu organismo rejeitasse estas alterações alimentares e passei uns maus bocados. Basicamente, não passei fome, mas regressei com um peso absolutamente vergonhoso e assustador. 

   Ah! Para os apreciadores de doces, não falta por lá nada, desde o pequeno-almoço, refeições principais e snacks! Não me perguntem se são bons porque nem um provei! 

IMG_4511.JPG  

  Um apontamento bastante positivo sobre este destino e este hotel: a simpatia das pessoas, a animação do hotel (música e atividades durante o dia inteiro na piscina) e a quantidade de pessoas que falavam português!!! Foi provavelmente o único destino onde quase todos os locais sabiam falar português e no hotel não havia qualquer problema em comunicar porque todos nos percebiam! 

   O facto de ser um destino que recebe uma quantidade enorme de portugueses atualmente justifica o domínio da língua, mas mesmo assim é de louvar. De facto, nunca estive de férias num local com tantos portugueses! Nem no Algarve faço férias com tantos tugas, acreditem! Portugueses, espanhóis e árabes dominam o turismo por ali, o que torna muito giro de se ver o constraste de culturas, com os europeus (as!!!)  a passearem-se todo o dia praticamente despidos e as mulheres árabes a banharem-se literalmente vestidas da cabeça aos pés. 

   Provavelmente este é mais um dos motivos que torna este destino interessante: conseguimos sentir o choque cultural, mas também conseguimos apaixonarnos por esta cultura e este povo, que são tudo, tudo mesmo, menos os extremistas religiosos que ultimamente têm dominado esta cultura. Facilmente encontramos marroquinos que condenam totalmente esses comportamentos e que defendem até a aceitação de todas as diferenças culturais e religiosas, e a prova disso é que estavamos ali todos juntos. Todos diferentes, mas todos juntos, a dançarem, a cantarem, a bronzearem-se lado a lado, sem qualquer sinal de constrangimento ou repulsa. 

IMG_5101.JPG

   Conclusão: recomendavas Saidia? Claro que sim! Voltavas? Claro que sim! 

   Se querem conhecer Marrocos, este não é o local ideal. 

   Se querem boa praia, muito bom mar, bom hotel e papo para o ar sem fazer absolutamente nada durante uma semana mas sem darem pelo tempo passar, então Saidia não vos vai desiludir! 

   

Boas férias!!!!

IMG_4711.JPG