Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

WALL.E

   WALL.E é um amor de robô. WALL.E é o novo filme dos estúdios da Pixar e, tal como os anteriores, é aposta ganha. WALL.E mostra-nos um  futuro de emoções, sentimentos e ternura, num mundo presente destruído pelo próprio homem. WALL.E é um robô criado para destruir o lixo gerado pelos seres humanos, que impossibilitados de viver no seu mundo partem para o espaço numa nave gigantesca e apetrechada de tudo o que é preciso para ser aparentemente feliz. Na terra ficam WALL.E e o seu melhor amigo, uma barata, incrivelmente doce e ternurente (como é possível dizer isto de uma barata?). Até ao dia em que chega EVE, uma robô tecnologicamente avançada e, aos olhos de um robô, deslumbrante. É amor à primeira vista. A partir daqui é o avançar de um amor puro entre dois robôs e a luta dos 2 para transformar o mundo num local feliz para se viver.

   WALL.E faz valer a pena a visita ao cinema. Provoca-nos sorrisos e aquece-nos a alma.

   Waaalllleeee